top of page
Depoimentos (1).png
  • Foto do escritorFlávio Danilo Haas

Fotossíntese = energia das plantas

Quando usamos no slogan do nosso nome fantasia, a frase “A ENERGIA DAS PLANTAS”, não estamos apenas lançando mão de um apelo de MKT, mas retratando a realidade: toda a energia necessária para a manutenção dos processos metabólicos e vitais dos seres vivos do planeta Terra, provém da FOTOSSÍNTESE, a partir dos raios solares.

A energia das plantas se traduz na FOTOSSÍNTESE, transformando energia luminosa (SOL) em energia química (glicose, primeiro composto sintetizado pelas plantas superiores) e liberando o oxigênio, indispensável para a manutenção da nossa vida!

A importância do SOL como fonte de energia para os cultivos agrícolas, é muito bem representada nesta frase, cujo autor desconheço:


“AGRICULTURA É A ARTE DE COLHER SOL”.


“A fotossíntese suplanta, quantitativamente, qualquer processo industrial realizado pela humanidade. Galston (1974) considera que a fotossíntese produz cerca de mil vezes mais toneladas de compostos orgânicos que todos os bens de consumo produzidos pelo homem. A cada ano, pelo menos 1017 kcal de energia livre são gerados pelos vegetais, representando uma quantidade dez vezes maior que toda a energia combustível fóssil usada pela humanidade (LEHNINGER, 1985). Representa o equivalente a dez mil vezes o total de energia produzida pelas hidrelétricas no mundo”.

Este é o tamanho deste processo fantástico chamado FOTOSSÍNTESE, muito resumidamente representado no esquema abaixo:





Fonte: FLOSS, Elmar Luiz - Fisiologia das Plantas Cultivadas, UPF – 2004, (pág. 52); Eng.-Agr. Flávio D. Haas (texto, ilustrações e representação esquemática simplificada da Fotossíntese).

Comentarios


bottom of page